SBPPC

 
MCTIC lança prêmio para métodos alternativos ao uso de animais em atividades de pesquisa
O objetivo é impulsionar a pesquisa científica e buscar novas abordagens para incorporação à Rede Nacional de Métodos Alternativos, iniciativa que tem servido de inspiração para outros países. A ideia é promover a redução no uso dos animais em pesquisas e, sempre que possível, adotar a substituição. Estudantes de pós-graduação e profissionais com atuação em métodos alternativos à experimentação animal em atividades de pesquisa e ensino podem se inscrever no "Prêmio MCTIC de Métodos Alternativos". Iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, a premiação tem por objetivo revelar talentos e impulsionar a pesquisa científica, o desenvolvimento tecnológico e a inovação na área de experimentação animal. Dividido em duas categorias – Produção Acadêmica e Desenvolvimento Tecnológico & Inovação, o prêmio vai conceder R$ 15 mil ao primeiro lugar de cada categoria. Todas as propostas devem estar alinhadas ao princípio dos 3Rs (Redução, Refinamento ou Substituição, na sigla em inglês) para o desenvolvimento tecnológico e a inovação. As inscrições para o "Prêmio MCTIC de Métodos Alternativos" podem ser feitas até o dia 20 de outubro pela página da Renama, onde também estão disponíveis o regulamento e outras informações. Esta iniciativa do MCTIC tem o apoio institucional do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), cooperação da Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco no Brasil), e patrocínio do Grupo Boticário. Fonte: Coordenação da Secretaria Executiva do CONCEA Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal Subsecretaria de Conselhos e Comissões
 

Fique por Dentro

Publicado regulamento sobre água adicionada de sais
17/10/2017 Resolução aborda as Boas Práticas que precisam ser adotadas para fabricar, distribuir e comercializar o produto.
Ler mais...
 
Ozonioterapia: rumo à regulamentação no país
16/10/2017 No próximo dia 17, a Comissão de Assuntos Sociais do Senado começará a debater um projeto de lei que prevê a regulamentação no Brasil de um tratamento médico que ganha popularidade nos consultórios particulares, apesar de não ser oficialmente reconhecido por aqui: a ozonioterapia.
Ler mais...
 
Farmacopeia Brasileira tem novas publicações
16/10/2017 O Formulário Homeopático da Farmacopeia Brasileira 1ª Edição, compêndio inédito da Comissão da Farmacopeia Brasileira, foi publicado na página da Anvisa no último dia 10 de outubro.
Ler mais...
 
Aprovada norma sobre importação de padrões analíticos
11/10/2017 Novo regulamento prevê que importação e exportação de algumas substâncias de controle somente nacional não requerem AI e AEX. Regra só valerá após publicação no Diário Oficial.
Ler mais...
 
Região de origem do tripanossoma é identificada
10/10/2017 Um estudo realizado na África, liderado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), encontrou uma maior diversidade genética em "Trypanosoma vivax" – um parasita patogênico para bovinos, ovinos e caprinos – no leste da África, provavelmente a região de origem e diversificação desse parasita.
Ler mais...
 
©SBPPC - Sociedade Brasileira de Profissionais em Pesquisa Clínica - Denvolvido por:Boschi Design